Capitão Samuel denuncia fornecimento de alimentação estragada em presídios sergipanos

 

Na noite desta quinta-feira, 22, o deputado estadual Capitão Samuel usou as redes sociais para denunciar o fornecimento de alimentação estragada para os detentos do Copemcan (Complexo Penitenciário Dr. Manoel Carvalho Neto) e do presídio de Nossa Senhora do Socorro.

O parlamentar recebeu denúncias repetidas por mais de 30 dias sobre o fornecimento de comida estragada para os detentos. Ele ainda declarou que vai convocar a secretaria de Justiça para que vá à Assembleia Legislativa para justificar o que está acontecendo e quais as medidas que serão tomadas para dar uma solução para este problema.

Segundo Samuel, a qualidade dos alimentos caiu depois que deixou de ser feita dentro dos presídios. “A alimentação fornecida para os detentos está chegando azeda quase todos os dias, no Copemcan e no presídio de Nossa Semhora do Socorro, masculino e feminino. Os detentos já estão com problemas gástricos e passando fome por conta do fornecimento dos alimentos de péssima qualidade”, afirma.

Ele ainda diz que as refeições eram preparadas nos próprios presídios e dificilmente tinha algum tipo de reclamação. “Depois da foi decisão de acabar com as cozinhas e licitar a alimentação, para que passassem a ser entregues prontas nos presídios e preparadas em outros locais, começaram os problemas”, reforça.

Arquivo